Comprou um imóvel de investimento e está pensando em alugar? 

E agora não sabe quanto cobrar de aluguel? Nós vamos te ajudar!

.

O cálculo não é tão simples, exige um pouco de atenção e uma análise de alguns fatores. 

Antes, a regra básica era cobrar 1% do valor do imóvel, mas atualmente não se utiliza mais essa maneira. Hoje, se cobrado um valor muito alto, você não aluga o imóvel, ele acaba ficando encalhado. Mas também se for muito barato, você perderá dinheiro. É necessário o ponto de equilíbrio. Veja as dicas que separamos pra te ajudar na hora de precificar o valor do seu aluguel: 

. Variação do preço: O valor vai depender das características do imóvel, geralmente está entre 0,5% e 1% do valor total do local. 

. Pesquisa: Fácil e eficaz é a pesquisa dos valores que são cobrados na região por imóveis que possuem características semelhantes ao seu. Compare!

. Consulte imobiliárias: Um bom parâmetro é o preço que as imobiliárias cobram. 

. Móveis? O imóvel possui móveis? Se sim, é normal o aluguel ser em média de 20% a 30% mais caro.

. Localização: Dependendo da oferta de comércio e transporte ao redor do imóvel, o aluguel pode aumentar. 

. Idade: A idade do imóvel também é um fator muito importante. Quanto mais novo, mais caro, geralmente. 

. Avalie: Se você possui um apartamento, e no seu prédio possuem muitos em locação e todos seguem o mesmo preço, pode ser interessante você diminuir um pouco o valor do aluguel para “sair na frente”. 

.

Em todos os casos, é interessante você analisar muito bem todas as informações que você tem do imóvel e da sua região!

.

Gostou das nossas dicas de hoje? 

Qual a sua dúvida em relação aos aluguéis? 

Continue acompanhando nossas redes sociais e o nosso blog!